domingo, 29 de agosto de 2010

Fight Club (1999)

MoviePosterFightClubFight Club – Clube de Combate

Houve algo em David Fincher que sempre me despertou curiosidade. Talvez fosse a sua genialidade e a sua pontualidade em relação à qualidade garantida em cada um dos seus filmes que me cativou sempre para ver e rever as suas obras. Porém, a minha preferida e três vezes contemplada é Fight Club.


Fight Club é uma obra contemporânea capaz de marcar a sua geração e, aos poucos e poucos e sem vergonha, esmiúça a sociedade dos dias de hoje. Enfim, encontra o cancro contemporâneo – O consumismo. E é assim que a(s) personagem procura libertar-se deste mundo e de todas as coisas que o seguram a este mundo, enfim, soltar-se da sociedade pois todos nós somos animais sociais.

O “Project Mayhem” é o exemplo perfeito da tentativa de desprender deste mundo e tornar-nos completamente livres.

Assim, através da exagerada violência e da anarquia hiperbólica, o filme tenta-nos chamar à atenção para o mundo em nosso redor. Para deixarmos de ser meras figuras de sociedade e deixarmos de agir como ela (a sociedade) espera que nós sejamos e para começarmos a fazer aquilo que realmente gostamos e nos dá prazer.


Tecnicamente falando, Fight Club é uma obra irrepreensível. Desde a realização, da forma como foi filmado alinhando-se com as marcantes e perfeitas interpretações, coordenando-se com a aprazível e tocante banda sonora e culminando num mise-en-scène espectacular.

E como tudo já foi dito por inúmeras pessoas em redor do Mundo, Fight Club é uma obra genial e filosófica que por muitos será sempre recordada como uma obra-prima e como um filme de culto instantâneo.


images_edited

9 comentários:

Roberto F. A. Simões disse...

Nota justíssima para uma obra-prima daquelas! Genial, genial, genial.

Cumps.
Roberto Simões
» CINEROAD - A Estrada do Cinema «

Mateus Souza disse...

Esse filme é demais. Espero a crítica.

Nekas disse...

Roberto, não é genial, é perfeito.

Mateus, ela já está escrita mas o meu computador anda meio avariado.

Abraços

Gonçalo Lamas disse...

A obra-prima de Fincher. Abosulta e desconcertantemente genial. O tamanho 10 fica-lhe justo... ;)

Cumprimentos,

Gonçalo Lamas

cineglam7.blogspot.com

Loot disse...

O meu favorito de Fincher e um dos meus favoritos de sempre.

É um filmaço

ArmPauloFerreira disse...

É mesmo um genial grande filme e o melhor de Fincher!
O M. Night Shyamalan deve ter se roido de inveja...

Bruno Duarte disse...

E são 10 muito bem dados ... (lembraste-me agora que tenho de continuar o especial sobre o Brad Pitt .... desde que cheguei de férias que ainda estou a meio-gás)

Abraço.
http://vidadosmeusfilmes.blogspot.com/

Dora disse...

5 estrelas, Nekas! Bem escolhido! A obra-prima do Fincher!

Roberto F. A. Simões disse...

Pronto, vá, é genial e perfeito ;)

Cumps.
Roberto Simões
» CINEROAD - A Estrada do Cinema «