segunda-feira, 12 de julho de 2010

- Já vi: Youth in Revolt (2009)

youth_in_revolt

Youth in Revolt – Juventude em Revolta

Nick Twisp (Michael Cera) é um rapaz emocionalmente desequilibrado e negado socialmente até que vê a sua fuga de uma vida sem sentido quando se apaixona por uma rapariga num parque de campismo. Então, fará de tudo para ficar com ela até ao ponto de criar um alter-ego que se revela rebelde e que o fará ir para a prisão, tudo por uma rapariga.

Um Rebelde que encontrou a sua causa. A viagem atribulada que seguimos da vida de Nick Twisp ou François Dillinger em busca da preservação do amor é um exemplo nato de originalidade de um filme, ou seja, a sua premissa é um fulgor criativo que se desvanece. Se por um lado Michael Cera está à altura do papel, por outro, sente-se uma falta de carisma dos vários actores secundários tais como Ray Liotta pois Steve Buscemi não agarra solidamente o papel mas apresenta alguns pontos altos em alguns momentos. Depois, temos a banda sonora. Suave, limpa e revoltada. Uma banda sonora que se rege, maioritariamente,  francesa com toques paralelos à própria história do protagonista revoltado.

Em suma, Youth in Revolt revela-se um ávido filme de uma adolescência contemporânea embora o seu completo exagero e o descuido na adaptação do argumento ao grande ecrã podem-se revelar os contras desta obra.

2010_youth_in_revolt_006

10 comentários:

Dora disse...

Eu não curti nada...

Nekas disse...

Dora, já sabia pelo teu blog.

Abraço

Neuroticon disse...

Eu curti :D

A cena do carro é brilhante ;)

Luis Galvão disse...

Nem gosto muito do Cera, talves por isso fujo um pouco de seus filmes.

blog24fps disse...

As cores, a iluminação e a organização dos elementos no filme são bem executadas. A idéia não é a mais original do mundo mas também não é a mais trivial. Pesando os prós e contras, também dou nota 6!

Nekas disse...

Neuroticon, a cena do carro é mesmo brilhante.

Luis, Cera criou uma divisão de fãs e não-fãs a mim, é indiferente.

blog24fps, eu até acho a ideia muito original embora um pouco confusa e se formos bem a ver não vale mais do que nós dizemos.


Abraços

Tiago Britto disse...

Acho que você também já sabe que eu achei esse um saco!!! abs

Nekas disse...

Tiago, ou se gosta ou não deste humor peculiar de Cera.

Abraço

Mateus Souza disse...

Eu estou ansioso para ver esse filme. Gosto do trabalho do Cera, apesar dele interpretar sempre os mesmos papéis. Nem sei quando estreia por aqui no Brasil.

Nekas disse...

Mateus, ele está a começar a ser rotulado, mas ainda entretém.

Abraço