sábado, 3 de abril de 2010

- Já vi: The Imaginarium of Doctor Parnassus (2009)

the-imaginarium-of-doctor-parnassus-movie-poster

The Imaginarium of Doctor Parnassus – Parnassus: O Homem que queria enganar o Diabo

 

Terry Gilliam cria mundos fantásticos, fora sempre um visionário mas também um mau escritor. Gilliam cria aqui um belo mundo, o mundo dos sonhos, que nós contemplamos e queremos entrar neste espectacular mundo e sonhar! Isto é o poder da imaginação de Gilliam que torna tudo fantástico sem o 3D.

O filme, será conhecido por muitos como “o último filme de Ledger”. E é o último filme de Ledger, aquele que estava a decorrer quando ele faleceu e Gilliam, nota-se o brilhantismo da originalidade, em vez de dar por encerrado o projecto, decidiu que a personagem ao desbravar caminhos na mente de Parnassus assumi-se múltiplas formas, sim, não pôs um actor a substituí-lo mas três actores , quatro personagens a interpretar Tony, um homem com problemas que perdeu a memória e agora ajuda Parnassus, o brilhante Christopher Plummer, a tentar encontrar cinco almas a fim de vencer uma aposta do Diabo, interpretado maravilhosamente por Tom Waits, sabem, com ele temos a sensação que ele foi feito para esta personagem.

 

Assim, o Diabo e Parnassus lutam para vencer a aposta mas Parnassus tem certas dificuldades com o seu espectáculo. Este, não sobrevive à nova era, encontra-se numa total decadência num mundo que agora não quer sonhar, invés, gostam de beber e destruir lugares. Então, Parnassus terá a ajuda de Tony para fazer com que o seu espectáculo sobreviva ao tempo, de modo a conseguir arrecadar cinco almas e salvar a sua bela filha, Valentina (Lily Cole).

Os três actores que substituem Tony no Imaginário de Parnassus são três estrelas irreverentes da actualidade – Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell. Depp, é espantoso, como de costume. Por outro lado, Law que tem uma pequena participação no papel de Tony já se revela imensamente inferior a Depp mas mesmo assim, temos uma surpresa – Colin Farrell. Este, não ultrapassa Depp mas enquanto está no ecrã, rouba-o para si, literalmente. Farrell sai fora da figura de polícia que tantas vezes faz e entra no papel de Tony que, inesperadamente, lhe assenta bem.

Mas nem tudo é maravilhoso nesta fita, não, não estamos perante uma obra-prima, e a grande falta que faz essa discrepância entre o trabalho dos actores, os efeitos especiais e a possibilidade de sonhar, o grande senão é mesmo o argumento. Eu digo para deixarem Gilliam filmar mas não o deixem escrever! Nota-se uma falha na narrativa, com altos e baixos, revelando-se desequilibrada, com momentos bons e maus momentos e dos bons momentos o que se nota é os diálogos e estes foram, maioritariamente, improvisados!

Em suma, Parnassus não é um mau filme, não chega a perfeito devido ao desequilíbrio que a fita apresenta em relação ao argumento face aos outros aspectos que estão espantosos como as interpretações e os efeitos especiais. No fim, “A filme from Heath Ledger friends”! Nós sentiremos a sua falta!

A Frase: “ Can you put a price in your dreams?

 

 imaginarium_of_doctor_parnassus_-8

10 comentários:

Tiago Ramos disse...

É, um filme com as suas falhas, mas bastante agradável e com um excelente leque de actores.

Luiz Henrique disse...

ALÔ.

Parnassus é um filme muito bom, acima da média dos que vem sendo produzidos. Gilliam nunca foi bom roteirista, acredito que seu único trabalho de argumento realmente interessante está em "Brazil", mas consegue dar coesão a um filme que precisou ser remendado às pressas, por conta da morte de Ledger. E que remendos! Se tivesse sido pensado dessa forma não ficaria tão bom. E claro, Gilliam é um dos mais criativos diretores da atualidade. Um grande abraço!

Tiago Britto disse...

opa! que bom que voce comentou sobre um filme que eu tenho aqui e não estava muito afim de ver....acho que agora que li sua critica e sua nota irei dar um conferida!

Nekas disse...

Tiago, concordo!

Luiz, Gilliam falha na escrita mas colmata essa falha através da sua originalidade. Provou a sua criatividade ao remediar a situação de Ledger!

Abraços

Marcelo Pereira disse...

Estamos de acordo geral em relação a este Parnassus, embora eu tenha dado menos meio valor. Deve ter sido porque o espero desde à muitos meses, e a desilução apoderara-se de mim. Ainda assim, fica recomendado.

Abraço

Nekas disse...

Tiago, vê, vale a pena!

Marcelo, eu também estive em dúvidas, mas como já não estava com grandes expectativas, surpreendeu-me!

Abraços

Ricardo Vieira disse...

Um filme desequilibrado mas bem imaginativo.
7/10

Nekas disse...

Ricardo, concordo!

Abraço

thicarvalho disse...

Infelzimente aqui no Brasil ele aind anão chegou. Mas é uma das minhas maiores expectativas para este ano. O elenco é sensacional, e o visual do filme mais incrivel ainda. Gostei do que li por aqui nekas. Grande abraço e até mais.

www.cinemaniac2008.blogspot.com

Nekas disse...

thicarvalho, então tens de esperar mais um bocado, o filme só perde na linha narrativa...

Abraço