segunda-feira, 29 de março de 2010

- Actrizes de Hollywood, quanto vale o Óscar?


O Óscar, o prémio mais cobiçado da 7ª arte, vale cerca de 400 euros para ser feito, mas para o vencedor é de valor incalculável, mas até que ponto? até ponto de perder quem se ama?

Ao longo dos anos, tem havido um tabu em redor da estatueta dorada – As vencedoras perdem o seu par!



Julia Roberts e Benjamin Bratt
 Em 2001, Julia Roberts estava num alto momento da sua carreira. Tinha ganho o Óscar de Melhor Actriz pela sua performance de mãe solteira em Erin Brokovich.
A separação entre Julia e Bratt deu-se 3 meses depois no que se esperava um pedido de casamento mas, afinal, Bratt deu por encerrada a relação!

Hillary Swank e Chad Lowe






Hillary Swank já tinha ganho um Óscar e voltou a repetir pela sua estonteante interpretação em Million Dollar Baby. Após 11 meses do feito referido anteriormente em 2005, dá-se o término da relação.












Reese Whiterspoon e Ryan Philippe

Reese recebeu a estatueta dourada em 2006 pelo filme Walk the Line. Mas o auge da sua vida deu-se por acabado 7 meses após ter vencido o Óscar devido a rumores de uma relação extraconjugal de Ryan.









Kate Winslet e Sam Mendes
Um casamento de 7 anos foi dado por terminado 1 ano após Winslet ter ganho a estatueta dourada pela sua prestação em The Reader. Novamente devido ao rumo de uma relação extraconjugal por parte de Sam Mendes.



Sandra Bullock e Jesse James

Nem 1 mês se passou desde a última cerimónia dos Óscares. Nessa cerimónia, Bullock venceu o Óscar de Melhor Actriz por Blind Side. A actriz que proferiu um discurso emotivo e com um grande agradecimento ao seu marido, veio agora a saber da relação extraconjugal de James, enfim, mais um casamento destruído “graças” à traição!


O que acham
Coincidência ou Tabu
?

8 comentários:

Jackie Brown disse...

Lol, acho coincidencia total.
Se se procurar bem, acha-se maldição em tudo ;)

Mas a situação da Sandra Bullocck foi notória na noite dos óscares

Abraço

Nekas disse...

Rui, talvez...

Foi um discurso emotivo...

Abraço

Leca disse...

Acho tudo isso uma triste coincidência...
beijo
Leca

Nekas disse...

Leca, a coincidência esta a ganhar...

Ninguém acha tabu?

Abraço

Catarina Norte disse...

Olha eu deixo outra questão...este possível "padrão" só ocorre nas actrizes vencedoras do Óscar ou alguém já se lembrou de ir ver o caso dos actores, por exemplo? :p

Não sei, o mais provável é que sej apenas uma infeliz coincidência...

Nekas disse...

Catarina, eu encontrei este padrão nas actrizes até porque nem elas todas namoram com actores ou realizadores...

Deve ser uma coincidência...

ArmPauloFerreira disse...

É uma coincidência... que ameaça se tornar um padrão (tabu onde?).

Uma outra coincidência das actrizes galardoadas é a carreira delas de prestigio ir-se abaixo totalmente. Depois de ganharem o Oscar é... fazer manutenção à carreira apenas.
É por isso que a Meryl Streep é sempre ano após ano uma incontornável grande actriz... não voltou a ganhar o Oscar... continua a representar bem!

O artigo é muito curioso e pertinente. Excelente apanhado da situação.
Well done!

Nekas disse...

ArmPauloFerreira, então não vamos deixar que Streep ganhe o Óscar!

Obrigado! ;)

Abraço