sexta-feira, 26 de março de 2010

- Já vi: Edge of Darkness (2010)


Edge of Darkness – Fora de Controlo 
Craven (Mel Gibson) é um polícia que apresenta um registo impecável ao longo de 30 anos na polícia de Boston. Quando a sua filha (Bojana Novakovick) regressa a casa e é assassinada, Craven percebe-se que ele não era o alvo mas sim a sua filha que afinal não era apenas uma estagiária conceituada numa empresa qualquer. Assim, a luta de um pai vingador para descobrir os responsáveis pela morte da sua filha inicia-se, mas subitamente Craven descobre que é algo mais profundo que ele poderia imaginar…
Eu não sei porque vi este filme, aliás, eu já sabia o que esperar, a única surpresa foi alguns movimentos de câmara interessantes e Ray Winstone (adoro o sotaque britânico!), de resto, o filme é monótomo e tem um péssimo título em inglês e é das raras vezes que prefiro o título em português que é mais adequado à fita|
 
Edge of Darkness é um daqueles filmes estereotipados de um pai vingador que faz tudo para vingar o seu ente-querido. Fora de Controlo, filme-pipoca, um filme que passaria completamente despercebido se não tivesse Mel Gibson como protagonista o que é mau pois, afinal, não foi um grande regresso à tela…Nem o comparem a Taken!
A Frase: “- I’m not gonna arrest anyone.
- I never do.
- Are you gonna try to stop me?
- It depends”
2010_edge_of_darkness_001

2 comentários:

Tiago Britto disse...

nossa...tinha ouvido falar bem!!!
fiquei meio receioso agora!
](

Nekas disse...

Tiago, eu ainda não ouvi ninguém a falar bem dele, inclusive eu!

Abraço