domingo, 14 de março de 2010

- Já vi: The Book of Eli (2009)

 
The Book of Eli – O Livro de Eli
A minha primeira visita ao Fantasporto ocorreu no dia da visualização de um blockbuster denominado The Book of Eli. Pelo trailer prometia e, embora não fosse o filme ao qual eu gostaria de ter visionado (Fish Tank), não perdi a oportunidade e fui ao Fantas.
O filme acompanha um homem, Eli (Denzel Washington), e a sua jornada pelo país deserto assim como o Mundo, ou seja, em tempos pós-apocalípticos, onde o mundo é coberto por cinzento, pó e um ardente sol, Eli mantém-se fiel ao seu propósito até que encontra uma pequena vila no meio do deserto e lá encontra-se Carnegie (Gary Oldman) um homem que procura desesperadamente um livro que promete dias de glória até que descobre que esse livro é carregado por Eli e fará de tudo para o conseguir…
Não foi desta que os irmãos gémeos Hughes acertaram num filme, aliás, o próprio filme possui um história que, por sua vez, é um pretexto para criar um blockbuster com sequências de acção e pouco mais. Esse pouco mais refiro-me à fotografia que está muito bem conseguida e transpõe-nos para o ambiente pós-apocalíptico, cinzento e “cansado”.
Cria-se um herói estereotipado por parte de Washington que começa a cansar, introduz-se Mila Kunis a fim de dar um toque feminino à obra, contentamo-nos com Gary Oldman que se apresenta um vilão à altura do seu papel e sequências de acção curtas e algumas explosões e obtemos O livro de Eli com uma previsibilidade estupenda.
Mas o filme começa bem, apresenta uma sequência inicial com um slow motion e com uma premissa bastante cogente mas inicia uma onda decrescente de previsibilidade e de estereótipos. Assim, The Book of Eli não é mais que um blockbuster medíocre.
Tagline: “Dear Lord, Thank you for giving me the strength and the conviction to complete the task you entrusted to me. Thank you for guiding me straight and true through the many obstacles in my path. And for keeping me resolute when all around seemed lost. Thank you for your protection and your many signs along the way. Thank you for any good that I may have done, I'm so sorry about the bad. Thank you for the friend I made. Please watch over her as you watched over me. Thank you for finally allowing me to rest. I'm so very tired, but I go now to my rest at peace. I fought the good fight, I finished the race, I kept the faith.”
The Book of Eli movie image Denzel Washington (1)a
the_book_of_eli_poster1 Comic Book, penso eu, mas está porreiro.

11 comentários:

Set Ufam disse...

O Livro de Eli vai estrear na próxima semana aqui no Brasil. A minha expectativa é que seja um bom filme e só. Interessante é notar 2 coisas: 1) vezes ou outro, o Denzen Washington se mete nesse tipo de projeto que em nada acrescenta na carreira dele. 2) quantos filmes de fim do mundo foram lançados ultimamente? 2012, A Estrada, Zumbilândia,O Livro de Eli....

Caio Pimenta
Diretor Geral do Set Ufam
Manaus-Amazonas-Brasil

Abrcs

Nekas disse...

Caio Pimenta, é verdade que ultimamente o fim do mundo ou o mundo apocalíptico tem sido notado nos filmes.
Neste campo eu penso que o melhor é mesmo A Estrada e Zombieland no que toca a entretenimento também cumpre muitíssimo bem o seu papel, quando a The Book of Eli revela-se um blockbuster medíocre que não acrescenta nada ao género nem a Washington!

Abraço

Catarina Norte disse...

Há uns tempos vi o trailer no cinema e até me pareceu uma proposta interessante (ainda por cima com actores como Denzel Washington e Gary Oldman)mas, de algumas criticas que li e que vão de encontro ao que disseste, fiquei algo desiludida...Talvez ainda o veja...mas ainda tenho tantos filmes bons que me faltam ver que já não sei :p

Abraço

thicarvalho disse...

Mesmo com todas as crítcas negativas, ainda tenho mtas expectativas qnt ao Livro de Eli. Espero não me decepcionar... Grande abraço Nekas e boa semana.

Nekas disse...

Catarina, pelo trailer prometia muito mais e digo-te mas vale ver outros filmes e deixar este para o fim :P

thicarvalho, o ideal era veres com as expectativas a zero mas isso é quase impossível portanto deixa-me dizer-te boa sessão pois, na minha opinião, o filme não é grande coisa...

Abraços

Pedro Pereira disse...

Quero ver este. Tenho saudades dos anos de Mad Max e spaghettis apocalípticos...

Nekas disse...

Pedro, não vai ser o que encontras aqui...

Abraço

Pedro Pereira disse...

Imagino. Mas é algo a conferir...

Tiago Britto disse...

6? esperava mais do filme! que droga desanimei.

bruno knott disse...

só pelo trailer dá pra perceber que os caras não souberam criar um mundo pós-apocaliptico convincente... talvez eu veja por mera curiosidade.

abraços.

Nekas disse...

bruno, o mundo pós-apocalíptico está muito bem recriado, o resto é que falha...

Abraço