segunda-feira, 8 de março de 2010

- Não é o típico post a ditar os vencedores dos Oscares…

para isso veja aqui a lista completa.

Para meu descontentamento e previsibilidade, os Sacanas (crítica aqui) foram os injustiçados da noite levando para casa, apenas, o Óscar por melhor actor secundário por Christoph Waltz!

A noite foi mesmo de The Hurt Locker (crítica aqui) que arrecadou 6 estatuetas douradas nomeadamente para Melhor Filme e Melhor Realizador, contemplando Bigelow por ser a primeira das 4 mulheres a ser vencedora nesta categoria.

A ex-mulher foi a grande vencedora e Avatar (crítica aqui) foi o grande vencedor nos aspectos técnicos, arrecadando 3 soldadinhos de ouro que, na minha opinião, não foram mal dados menos o de Melhor Fotografia que deixa algumas dúvidas…

Este foi o ano de Sandra Bullock. Ganhou o Globo de Ouro para Melhor Actriz, ganhou o Razzie para Pior Actriz (!) e ganhou o Oscar para Melhor Actriz. Tudo no mesmo ano!

Jeff Bridges fez o acerto com a Academia de Artes e Ciências cinematográficas e após 5 nomeações, conseguiu, finalmente, ganhar o Oscar para Melhor Actor num ano que Firth se revelava uma grande concorrência.

 

O que acham desta última gala de Oscares?

13 comentários:

bruno knott disse...

bastardos inglorios tinha que ter levado pelo menos fotografia, além do coadjuvante...

AlexSupertramp disse...

Penso que Avatar não tenha ganho 4 mas sim 3 estatuetas.

No meu entender houve algumas surpresas espeicalmente no Oscar de Melhor Argumento Adaptado que acabou por ir para o Precious e não para o Up in the Air.

De resto, pensei que os Óscares de ediçao de som e mistura de som fossem ambos para Avatar porque merecia, mas logo desde aí se viu que Hurt Locker ia dominar a cerimónia.

Abraço

CrazyGuy disse...

Quanto ao caso da Sandra Bullock queria fazer que alguém não está certo...
Globo de Ouro de melhor actriz e Oscar de melhor atriz... E o Razzie de pior actriz...

So, who is wrong?? xDD

Nekas disse...

Bruno, foi uma grande injustiça, devia também ter, pelo menos, o Melhor Argumento Original.

Alex, nem nos aspectos técnicos Avatar dominou...

Os argumentos não foram para as pessoas certas...

Erro corrigido :)

A cerimónia foi d'O Estado de Guerra!

CrazyGuy, obrigado pela visita.
Quanto a Bullock, um caso curioso...

Abraços

thicarvalho disse...

Oscar Interessante... Guerra ao Terror mereceu boa parte das estatuetas q venceu. Com exeção de algumas tecnicas. Concordo plenamente quanto a Bastardos Inglórios. Acho q merecia roteiro original. Mas no geral a transmissão foi boa. Gostei... Grande abraço e até mais.

Visitem www.cinemaniac2008.blogspot.com

Nekas disse...

thicarvalho, The Hurt Locker foi um bom vencedor mas não o vencedor justo!
Os Sacanas mereciam tanto...

Abraço

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Já dei a minha opinião no meu blog. Basicamente, um espectáculo monótono. Alec Baldwin foi um erro de casting como apresentador. Hugh Jackman, no outro ano, foi rei.

Tiago Britto disse...

melhor roteiro orgininal era de os sacanas mesmo! INJUSTO


guerra ao terror n é isso td.

ArmPauloFerreira disse...

Tarantino: continua a injustiça mas da Academia só se pode esperar isso.

Avatar: correcto em perder o de melhor filme, que não está á altura desse título, apesar de o ter adorado.

Melhor realizador: a Academia quis assinalar o Dia da Mulher... e aos poucos está a colmatar as brancas que tem (a seguir vem um realizador agro-americano, apostem nisso pois terá sempre de haver um destaque deste género para os Oscars continuarem a fazer história)

Sandar Bullock a melhor actriz: só temo que ela NÂO se afunde no mesmo mar que a quase generalidade de actrizes que ganharam o mesmo galardão foi sucessivamente acontecendo.

O show: olhando a que Academia está a fazer contenção de tudo (tempo, custos, emoções, polémicas, etc)... nesse prima até acho que a cerimónia esteve bem, segundo todos estes principios. O glamour exagerado de outros tempos já lá vai...

ArmPauloFerreira disse...

Epá... queria dizer:
"um realizador afro-americano"

Sorry!

Nekas disse...

O Homem que sabia Demasiado, Hugh Jackman no ano anterior fez uma das melhores aberturas de sempre na história dos Óscares!

Tiago, há coisas que nós nunca entenderemos...

ArmPauloFerreira, quanto a Tarantino não podia estar mais de acordo...

Quanto a melhor realizador, bem, no ano passado quiserem Danny Boyle para Hollywood "abraçar" Bollywood, esta ano para não discriminarem a mulher finalmente o deram para o ano não sei, se calhar se for um realizador homossexual a competição ele ganha só para provarem que não há discriminação...

Nada contra a homossexualidade, só tento explicar que ninguém é mais que ninguém e quando toca a merecer o Oscar temos de ser imparciais, eles não nós...

Abraços

P.S.- Erro desculpado. :p

Cristiano Contreiras disse...

Cerimônia bastante chatinha e morna, sem sal.

Visto que os filmes deste ano nem todos foram empolgantes, fato.
Sandra Bullock melhor atriz? Era a mais fraquinha das indicadas, sinceramente. Até Carey Mulligan por Educação estava melhor que ela! Lamentável, como sempre as premiações são estranhas – lembra de Reese Whiterspoon ter tirado o Oscar de Felicity Huffman por Transamerica? Julia Roberts ter tirado o Oscar das mãos de Ellen Burtyn por Requiem para um sonho? como sempre, filmes comerciais imperam mais – vide as atuações. Fato!

Guerra ao terror é bom, sim…mas, Bartados Iglorios que deveria imperar nas premiações…só levou o oscar de coadjuvante? Sem comentários.

Jeff Bridges merecia há anos, esse sim valeu a pena! foi bonito de ver. Gostei das premiações técnicas de Avatar, mas merecia melhor som e mixagem também! Boa a premiação de filme estrangeiro, apesar do páreo duro este ano nessa categoria. Essa sim teve filmes densos e interessantes!

Taylor Lautner e Kristen Stewart estavam agradáveis na apresentação dos filmes de terror – o que Lua nova também fazia nas cenas juntos com os filmes de terror? Achei estranho também, visto que o filme não é macabro, mas acho que o critério de seleção dos filmes era mais por ter elementos do horror(vampiros, lobisomens, etc). Vai entender mesmo, rs.

Bela homenagem a John Hughes, momento ápice da Cerimônia e tenho dito!

Eu acho que a trilha sonora deveria ter sido por James Horner, Avatar ou mesmo o de Hans Zimmer que fez um belo trabalho no Sherlock Holmes – mas, você vai me condenar, mas eu preferia mesmo é que a trilha de Alexandre Desplat por Lua Nova tivesse sido vencedora, já escutou? recomendo! Sério, o score é lindo e intenso.

Bom, que venha o próximo Oscar!

andas sumido, hein?

Nekas disse...

Crisiano,
Quanto a Bastardos sem comentários...

Acredito em Jeff Bridges, quanto ao prémio para melhor filme estrangeiro, este, supreendeu imenso.

E concordo contigo em relação a Lua Nova e a sua fantástica banda sonora de Alexandre Desplat juntamente com os Muse mas acho que não era suficiente para vencer mas merecia a nomeação!

Que venham os próximos e, espero, mais justos!

Abraço

P.S. - Um pouco, é altura de testes :(