segunda-feira, 2 de novembro de 2009

As minhas obras-primas - Pulp Fiction

 
Pulp Fiction
Haveria muitas palavras para descrever Pulp Fiction mas eu encontro a frase ideal- Tarantino ao máximo!
Longe de Tarantino ser uma pessoa simpática, nós temos de lhe dar crédito porque ele sabe o que faz! Bons filmes é com ele mas este é simplesmente fabuloso...

A história retrata três histórias cruzadas- dois assassinos,Vincent Vega( John Travolta), Jules Winnfield( Samuel L. Jackson- um cool assassino que profere passagens da bíblia), a mulher do seu patrão ( Ving Rhames) que é Mia Wallace ( Uma Thurman), e de um foragido boxeur( Bruce Willis) que tem uma dívida com Marsellus Wallace( Ving Rhames), embora tudo isto seja maravilhoso o que tem de original e que a tornou num ícone dos anos 90 deve-se aos homem por detrás das câmaras e a sua imaginação ao realizar esta fita...

Nesta fita reside o brilhantismo por detrás dos diálogos bem contruídos e engraçados, as belas interpretações do elenco, a fotografia do filme e o sentimento que nos desperta de "rebeldia" através das várias referências à violenta cultura pop dos ano 90...
Pulp Fiction também é conhecido pela famosa dance entre Mia Wallace e Vincent Vega que já inspirou milhares de realizadores a tentar equivaler essa grande cena ( que pessoalmente não acho nada arrojado mas fica pelo sentimento), enfim Pulp Fiction tem tudo para ser brilhante, ou perto disso, e consegue-o ser...
Uma obra obrigatória para os amantes da 7ªarte e para aqueles que não gostam de categorizar os filmes num determinado género, de facto é cinema "tarantinesco".

O elenco também conta com Tim Roth, Amanda Plummer(estes dois protagonizando a cena incial e final de uma maneira excepcional), Steve Buscemi, Christopher Walken a portuguesa Maria de Medeiros entre outros... 


Tagline:"I do believe Marsellus Wallace, my husband, your boss, told you to take ME out and do WHATEVER I WANTED. Now I wanna dance, I wanna win. I want that trophy, so dance good" e qualquer uma de Jules Winnfield...






5 comentários:

Jackie Brown disse...

9.5?!
estas a gozar comigo??
e esse 10?!

estou a brincar:P

excelente critica, sucinta e concisa
o teu blog acabou de merecer juntar-se as minhas recomendações
estou a brincar outra vez.
já o ia por de qualquer maneira :P

Abraço

Nekas disse...

Obrigado pelo teu elogio:p

Grandes abraços

Red Dust disse...

O exmplo máximo do cinema 'à la Tarantino'. Tudo é perfeito: a história, as personagens, a realização, a música. Não posso dar menos de 10 pontos!!!!! :)

Abraço.

Roberto F. A. Simões disse...

Já eu não estou de acordo, pessoalmente não gosto muito de PULP FICTION. Considero-o sobrevalorizadíssimo e tãao aborrecido. Não é o meu género.

Cumps.
Roberto Simões
CINEROAD - A Estrada do Cinema

Nekas disse...

Red Dust, é realmente um filme puro Trantino mas, contudo não acredito que 10 seja a pontuação ideal na minha opinião...

Roberto, escolhas são escolhas, realmente estive agora a ver a tua crítica a pulp fiction e realmente não és daqueles que a considera uma obra superior, enfim cada um possui a sua opinião...

Abraços